Desânimo Saiba o que está errado

vício-aprenda
Vício aprenda a controlá-lo
maio 11, 2015
doenças
Doenças da alma
maio 15, 2015
consulta-wallpaper

Desânimo, todos já tivemos esse estado de espírito, mas nem sempre ele é passageiro, as vezes o desânimo pode virar uma rotina e necessita de uma mudança emergencial. Entenda através deste conteúdo exclusivo, como animar sua vida e cumprir sua missão na terra.

DESÂNIMO É NORMAL?

curiosidades

Sim, inúmeras circunstâncias pode nos levam a ter momentos de tristeza e sem prosperar nada melhor na vida. O importante é quando ter esses momentos, saber que tudo passa e não deixar a tristeza se instaurar. É impossível ser feliz o tempo todo, mas é também impossível de viver bem, com uma tristeza que chega várias vezes.

DESÂNIMO COMO MUDAR?

Saiba que existe algo de errado, vá a raiz do problema, você necessita ter um pouco de autoconhecimento para saber o que interfere nas suas energias. é o trabalho? É o amor? É  saúde? Se for o trabalho que não te satisfaz, comece a procurar outro, vá conversando, pesquisando sobre seu novo emprego, mas claro, sem largar o antigo. O desânimo amoroso é um dos que mais influencia nas energias das pessoas, relacionamentos são complicados, e quando você gosta mas não é correspondido, cria um campo negativo, isso interfere na sua comunicação com todas as outras pessoas, que não tem nada a ver com sua desilusão. Correr atras de um amor, nunca é recomendado, e sabe o motivo? É necessário valorizar-se, claro que ser notada ou notado é importante, mas fazer de tudo para atrair alguém, as vezes mostra um lado seu que não é necessário e desgasta muito sua alma.

Você precisa definitivamente de boas notícias, e a Lótus Esoterismo tem uma ótima para você. A mudança é feita por ti mesmo. Procure sempre ser uma pessoa alegre, estude, busque conhecimento, com isso será admirado. Busque coisas novas, busque uma alimentação com vitaminas, sim, a má alimentação também nos deixa para baixo. Você precisa alimentar sua alma também, do que te faz bem, isso é evoluir!

curiosidades