Candomblé conheça sua história e rituais

chakra-wallpaper
Chakra o ponto de equilíbrio do nosso corpo
janeiro 29, 2015
turmalina-negra-pedra
Turmalina Negra a pedra que contém muitos benefícios
janeiro 31, 2015
candomblé-wallpaper

curiosidades

A religião candomblé surgiu contra a vontade da religião católica, trazida da África pelos escravos passou por muitos preconceitos chegou a ser considerada como uma religião criminosa pela Igreja católica sendo a primeira religião a aceitar os homossexuais abertamente nos seus cultos. No candomblé os cultos são dedicados aos orixás, as inquices e aos vodus.

curiosidades
Os orixás são os deuses cultuados pelo candomblé, cada um possui as suas características e a sua personalidade, acredita-se nessa religião que cada ser possui eu orixá conforme o dia do seu nascimento, veja aqui qual o seu orixá (link: texto que eu fiz sobre orixá). As inquices são entidades divinas angolanas, as mais conhecidas entre quem cultua a religião candomblé no Brasil são: Aluvaiá, Nkosi, Ngunzu, Kabila, Mutalambô, Gongobira, Katendê e o kaiangu. Os vodus se referem aos ancestrais da religião candomblé e são cultuados através de danças e orações.
As religiões africanas ao se misturarem aqui no Brasil passaram a formar diferentes nações, cada nação possui as suas experiências religiosas e suas formas de cultuar as entidades. As nações nagô egbá, xambá, ketu e ijexá referentes aos ritos nagô, um dos ritos mais fiéis ao candomblé, por não possuir relação com santos católicos adotados por alguns grupos do candomblé com o fim de serem mais aceitas na sociedade e menos descriminados, nestas nações são cultuados os orixás, as inquices e os vodus.
As nações que possuem uma influência além do candomblé seguem o rito angola misturando-se as religiões bantas possuindo influencias nos seus ritos como palavras proferidas em português e atabaques, enquanto nas nações anteriormente citadas referidas ao ritual nagô os rituais são feitos todos em linguagem africana diferentemente das nações dos ritos de angola que aderem a religião cristã e indígena.
Uma religião trazida a força para o Brasil, assim como seus praticantes que sobrevive até os dias de hoje, misturando-se com os costumes locais ou não, é uma raridade, uma amostra de que as diferentes culturas devem prevalecerem fazendo com que a diversidade seja respeitada.