Quais as cartas usadas na cartomancia?

jogar-baralho-cigano
Aprenda a jogar o baralho cigano
novembro 23, 2014
cartas-usada-cartomancia
Cartomancia faça uma consulta
novembro 23, 2014
cartas-cartomancia

Quais as cartas usadas na cartomancia?

cartomanciaNa verdade a cartomancia é uma arte de adivinhação e previsão do futuro através de cartas de baralho, por isso, não pode ser usada um único tipo de baralho, já que a cartomancia é a técnica.

Nesse sentido, na cartomancia encontramos diferentes tipos de baralhos, leituras e interpretações. As mais populares são o Tarot e o baralho cigano.

É de costume tomar como referencia esses dois tipos de baralho para prever o futuro. A maioria dos cartomantes (pessoa que joga e lê o que diz as cartas) costumam usar o baralho cigano e o baralho Lenormand (Tarot), mas existem muitos outros que podem ser usados na cartomancia.

Como o próprio nome já diz cartomancia significa: Carto= baralho e Mancia= adivinhações. Por isso, não existe um tipo único de cartas para adivinhar o futuro.

Cada carta possui suas particularidades e características. O cartomante na verdade escolhe aquela que ele se sente mais cômodo e atraído. Não existe uma carta certa e uma outra errada, todas estão aptas a serem desvendadas pelo cartomante.

Cartomancia Dicas importantes na hora de adquirir um baralho para cartomancia

  • As cartas de baralho devem ser usadas apenas para essa finalidade. Caso você queira jogar baralho com seus amigos, compre outro jogo, mas nunca use o mesmo.
  • Estude e leia bastante sobre a cartomancia e crie um vinculo estreito com o baralho. Ler as cartas não é apenas um método de memorização, na leitura também deve estar envolvida a espiritualidade.

A cartomancia deve ser levada a sério. E como toda ciência e arte devem ser estudadas com seriedade e dedicação. Se você escolheu seguir a cartomancia é importante estar aberta a ajudar as pessoas e vontade de aprender dia pós dia.

A cartomancia ajuda as pessoas a resolverem até os problemas mais difíceis, por isso, trabalhe a sua forma de comunicação para que os problemas alheios não te afetem emocionalmente na hora de uma leitura.